Canoa rota recomendada

Terra Mineira [GR33 - GRZ: Canoagem]

Canoa · Portugal · aberto
Responsável por este conteúdo:
Aldeias do Xisto Parceiro verificado  Escolha dos Exploradores 
  • Rio Zêzere
    / Rio Zêzere
    Foto: Aldeias do Xisto, Aldeias do Xisto
  • / Rio Zêzere
    Foto: Aldeias do Xisto, Aldeias do Xisto
  • / Rio Zêzere
    Foto: Aldeias do Xisto, Aldeias do Xisto
  • / Rio Zêzere
    Foto: Aldeias do Xisto, Aldeias do Xisto
  • / Estação Intermodal de Silvares
    Foto: Aldeias do Xisto, Aldeias do Xisto
  • / Rio Zêzere
    Foto: Aldeias do Xisto, Aldeias do Xisto
  • / Terra Mineira: Área de Descanso do Barco > Cabeço do Pião [GR33 - GRZ: Etapa 1]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Terra Mineira: Área de Descanso do Barco > Cabeço do Pião [GR33 - GRZ: Etapa 1]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Terra Mineira: Área de Descanso do Barco > Cabeço do Pião [GR33 - GRZ: Etapa 1]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
m 370 360 350 8 6 4 2 km
Com 9,2 Km, este percurso mescla as terras agrícolas que bordejam as margens do Zêzere, delimitados com muros perpendiculares ao rio, com a imponente paisagem mineira do Cabeço do Pião.
aberto
moderado
Distância 9,8 km
2:01 h
13 m
23 m
As escombreiras da Lavaria são as guardiãs deste património, elevando-se do rio até os seus pináculos parecerem tocar o céu. Aqui o rio inicia o seu percurso mais sinuoso e entrançado, que se prolonga até Cambas. É o epicentro das águas mexidas no Zêzere, desafiando a experiência e a técnica dos canoístas. As águas vivas do Zêzere garantem uma experiência incrível e surpreendente até mesmo para quem já conheceu o mundo e outros desafios desportivos, como é o caso dos embaixadores da GR 33 GRZ- Grande Rota do Zêzere. João Garcia, o famoso alpinista português, numa dessas descidas, referiu que “há muitos troços em que estamos apenas entregues à natureza e ao nosso instinto, estamos isolados e temos uma enorme sensação de comunhão com a natureza”.

Conselho do autor

Aprecie a imponência das escombreiras do Cabeço do Pião, divirta-se nos rápidos da Panasqueira e visite as gravuras rupestres na margem do rio.
Foto do perfil de Aldeias do Xisto
Autor
Aldeias do Xisto
Atualizado: 11.08.2020
Dificuldade
moderado
Técnica
Condição
Experiência
Paisagem
Ponto mais alto
380 m
Ponto mais baixo
356 m
Melhor época do ano
jan
fev
mar
abr
mai
jun
jul
ago
set
out
nov
dez

Possibilidade de pausa para descanço

Casa do Silvério

Informação de segurança

Classificação/Navegabilidade do Rio

 

Grau 1

a) Águas calmas e águas com ligeira corrente, com uma velocidade máxima de 4km/h, sem dificuldade de navegação.

b) Águas correntes com velocidade variando entre os 4km/h e os 10 km/h e sem qualquer obstáculo

c) Quando a corrente é superior a 10km/h e se encontram pequenas dificuldades que exigem atenção aos canoístas.

É aconselhável o uso de colete salva-vidas.

 

Grau 2: Algumas dificuldades, com correntes, pequenas represas e rápidos fáceis. É aconselhável o uso de colete salva-vidas e capacete de proteção.

 

Grau 3: Navegação difícil. Corrente viva e rápidos fortes que exigem domínio da embarcação. É aconselhável o uso de embarcação apropriada. É obrigatório o uso de colete salva-vidas e capacete de proteção.

 

Grau 4: Muito difícil, mas sem perigo para canoístas bem treinados. É obrigatório o uso de colete salva-vidas e capacete de proteção.

 

Grau 5: Navegação extremamente difícil e perigosa. Só para canoístas perfeitamente treinados e preparados. É obrigatório o uso de colete salva-vidas e capacete de proteção.

 

Grau 6: Intransponível. Impraticável. Sem possibilidade de navegação.

Dicas e sugestões

O complexo do Cabeço do Pião destaca-se da paisagem envolvente pelas suas enormes escombreiras, resultado da atividade das Minas da Panasqueira, que conferem características únicas a esta região.

Na Barroca continua a respirar-se um ambiente rural, pautado pelos seus ciclos agrícolas. É aqui a sede da Rede e das Lojas das Aldeias do Xisto. O casario em xisto, o rio Zêzere, o pinhal e a vista direta para as escombreiras do Cabeço do Pião dão a esta Aldeia do Xisto um charme muito próprio. Aproveite a passagem para visitar o Centro de Interpretação da Arte Pré-Histórica do Poço do Caldeirão e fique a saber tudo sobre as gravuras rupestres gravadas nas rochas do Zêzere há milhares de anos.

Início

Estação Intermodal de Silvares - Latitude – 40º 8' 20.34" N; Longitude – 7º 40' 23,36" O (373 m)
Coordenadas:
GD
40.143939, -7.679149
GMS
40°08'38.2"N 7°40'44.9"W
UTM
29T 612512 4444569
w3w 
///raspando.mexidos.corvo

Destino

Estação Intermodal da Barroca - Latitude – 40º 6' 39" N; Longitude – 7º 43' 01" O

Instruções

Estas instruções aplicam-se ao rio com um caudal médio. Atenção a algumas árvores na margem cujos ramos entram para o rio. Há passagens por algumas ribeiras que alimentam o curso de água principal, ilhas e açudes com diversas “portas” rampeadas possíveis de passar; algumas formam ondas estáticas onde a diversão está garantida para os canoístas mais experientes. Estamos no epicentro das águas bravas do Zêzere, por isso, na altura certa do ano (Inverno), há bastantes rápidos.

 

A1. Cerca de 300 m depois da foz da ribeira do Paúl, a passagem aconselhada é pela direita devendo ter-se cuidado com as árvores na margem. A passagem por terra situa-se à esquerda e é bastante fácil. Grau 2.

A2. Percorridos cerca de 200 m aconselha-se a passagem pela margem esquerda, tendo atenção às pedras e às árvores. A passagem por terra faz-se pela margem direita. Grau 1+

A3. Cerca de 400 m depois, a passagem realiza-se a meio rio. Deve descair-se para a margem direita em direção ao muro, devendo então flectir-se para o meio aproveitando a corrente proveniente da ribeira que desagua nessa margem. Atenção às árvores na foz da ribeira. A passagem por terra é fácil e faz-se pela margem esquerda. Grau 2.

A4. Percorridos mais 1.400 m, encontra-se uma ilha no rio, aconselhando-se a passagem pela margem esquerda tendo atenção às árvores. A passagem por terra realiza-se pela mesma margem ou pela ilha. Grau1+

A5. Após 120 m surge nova ilha com passagens em tudo idênticas às anteriores. Grau 1+

A6. Cerca de 600 m depois, nova ilha com passagem possível por ambos os lados. A passagem pelo lado esquerdo é a mais fácil, embora não seja possível se o rio estiver muito em baixo. A passagem pelo lado direito é a melhor e mais interessante, uma vez que na entrada formam-se algumas pequenas ondas. A passagem por terra realiza-se por qualquer das margens. Grau 1+ na passagem pela esquerda e Grau 2 na passagem pela direita.

A7. Percorridos mais 300 m encontra-se um pequeno açude em bom estado e com diversas portas rampeadas, podendo passar-se por qualquer uma delas. As duas mais à esquerda, com um caudal ótimo, formam uma pequena onda estática. Neste açude deve ter-se atenção a um ferro espetado no leito do rio mais perto da margem direita. Passagem por terra na margem esquerda. Grau 1+

A8. Cerca de 600 m, e duas curvas depois, deve encostar-se à margem esquerda junto ao muro – existem diversos locais. Esta paragem serve para visualizar o rápido da Panasqueira que é aconselhado principalmente para iniciados nas águas mexidas. Para passar o rápido aconselhamos a passagem mais junto à margem direita indo na direção do muro e depois endireitando quando se começa a curvar (1/3 do rápido sensivelmente). Este rápido tem mais de 100 m de comprimento. Para passar por terra aconselhamos a margem esquerda, por cima do muro. Grau 3.

A9. 1000 m após passar a ponte, por baixo dos grandes montes de areia –escombreiras - encontram-se três zonas consecutivas com alguma agitação, sendo a passagem sempre pelo meio. Para passar por terra aconselhamos a margem esquerda. Grau 1+

A10. Percorridos mais 1300 m. de águas calmas encontra-se uma sequência açude/rápido, junto à Aldeia do Xisto da Barroca. Dada a dificuldade deste local, antes de chegar ao açude propomos o desembarque junto à foz da ribeira na margem esquerda e a consulta do painel da Estação Intermodal da Barroca, para obter informações sobre o troço seguinte.

Nota


Todas as ocorrências para esta Rota

Coordenadas

GD
40.143939, -7.679149
GMS
40°08'38.2"N 7°40'44.9"W
UTM
29T 612512 4444569
w3w 
///raspando.mexidos.corvo
Chegada por comboio, carro, a pé ou bicicleta

Rotas semelhantes nos arredores

 Estas sugestões foram criadas automaticamente.

Perguntas & Respostas

Faça a primeira pergunta

Aqui você pode fazer perguntas para o autor.


Avaliações

Escreva sua primeira avaliação

Seja o primeiro a avaliar e ajude outros usuários


Fotos da Comunidade


Estado
aberto
Dificuldade
moderado
Distância
9,8 km
Duração
2:01 h
Elevação
13 m
Declive
23 m

Estatísticas

  • Conteúdo
  • Exibir imagens Ocultar imagens
Funções
2D 3D
Mapas e trilhas
Duração : horas
Distância  km
Elevação  m
Declive  m
Ponto mais alto  m
Ponto mais baixo  m
Mova as setas para alterar o recorte.